5 de julho de 2015

No mês passado

Procissão de velas

Percorreu ruas antigas e modernas de Telheiras como que a recordar à nossa Mãe do Céu que colocamos sob a sua protecção todas as famílias, e pessoas que por aqui trabalham.
A pequena multidão que acompanhou a imagem rezando e cantando era composta da diversidade de habitantes da paróquia sentindo-se como seus representantes.
A meditação fez-se ao som das palavras recentes do Papa Francisco animando todos ao esforço por cuidar da própria família e das que conhece, sem descuidar os doentes e mais carenciados.
E pediu-se que, como verdadeira Porta do Céu, interceda pela solução das necessidades comuns. Assim ao passar pelo terreno, que nos habituamos a ver como nosso, e depois, ao comprovar que enchíamos a igreja não podíamos esquecer a igreja nova de que Telheiras precisa.

Sem comentários:

Enviar um comentário