3 de dezembro de 2015

Missas na quadra natalícia

Dia 24 (5ª) - 12.15h; 18.30h (Vigília de Natal); 23h (Missa da noite ou “Missa do Galo”)

Dia 25 (6º) Natal - 10h, 12h e 19h

Dia 1 (6ª) Santa Maria, Mãe de Deus (dia santo): 10h, 12h e 19h

Dar a quem necessita – O Cabaz do Natal

A preparação conta com a habitual generosidade dos nossos paroquianos e amigos, além da colaboração do Colégio Planalto. Além das famílias da paróquia, haverá 5 cabazes para famílias de Refugiados.

Formas de contribuir:

a) dinheiro (entregar em envelope com a indicação de “para o Cabaz de Natal” na saca dos peditórios das Missas ou na secretaria)

b) géneros alimentícios duráveis (não esquecendo os próprios desta quadra), roupas ou brinquedos (que podem ser deixados junto à porta de entrada do Coro Alto). Para facilitar a organização sugerimos uns momentos para a entrega (embora se possam trazer também noutros, dentro do horário de abertura da igreja):

dia 05 (Sáb) das 17.00h às 19.30h; 
dia 06 (Dom) das 9.30h às 13h; das 17h às 20h;
dia 08 (3ª) das 9.30h às13h; das 17.00h às 20h 
dia 12 (Sáb) das 17.00h às 19.30h;
dia 13 (Dom) das 9.30h às 13h; das 17h às 20h.


Dias de distribuição:

- roupas e brinquedos: dia 21 (2ª) entre as 10h e as 11.45h; 
- géneros alimentícios: dia 22 (3ª) às 10h.

Agrupamento de Escuteiros nº 683

5 - Os pioneiros irão realizar um atelier de reparação de bicicletas.

11, 12 e 13 - Participação dos Exploradores na actvidade Trilhos de Natal, que decorrerá em Santiago de Cacém

18 - Cerimónia da Partilha da Luz da Paz de Belém, na Igreja Paroquial de Nossa Senhora do Carmo do Alto do Lumiar.

19 e 20 - Acantonamento dos Lobitos no Cacém.

19 e 20 - Acampamento dos Pioneiros na Costa de Caparica.

Baptismo

Sábado, dia 19: 11.30h – Maria Benedita Rechena

Migrantes – Curso na Associação Portuguesa de Cultura e Desenvolvimento

Como já noticiámos, a APCD, que a nossa paróquia apoia nesta iniciativa, está a preparar para migrantes, contando já com a colaboração de alguns voluntários, um curso que contém: Língua e Cultura Portuguesa e Formação Profissional Básica (aquisição de competências que lhes permita o ingresso no mundo do trabalho). A APCD tem a sua sede na Av. Ventura Terra, 23, 1600-780 Lisboa, Tel.: 218298270, E-mail: apcdcfplisboa@gmail.com.

Do Pároco

A misericórdia tem um rosto: Jesus Cristo. E um atalho: Maria.


Começa no próximo dia 8, Solenidade da Imaculada Conceição, o Ano da Misericórdia, que o Papa Francisco convocou.

É um dia adequado para o seu início. Na Salve Rainha chamamos-lhe Mãe de Misericórdia. O Senhor, rico em misericórdia, escolheu-a, sem mancha de mal e de pecado, para sua Mãe. Quanto não terá aprendido Jesus de Maria: os gestos, a dedicação aos outros, os pormenores de amor com que tratava a todos? Estavam sempre cheios de misericórdia.

Nós temos de imitar Cristo e a nossa Mãe. Em primeiro lugar a Misericórdia de Jesus que, para nos facilitar a salvação, pede à Santíssima Virgem que passe a ser Mãe de todos os seus discípulos na pessoa de João Evangelista. E depois a obediência de Maria, que aceita esse convite. Tem consciência de que a sua intercessão – oração, sacrifício e desvelo maternal – encaminhará os seus novos filhos para o Céu.

Quantas vezes, como fazem todas as mães, perante o comportamento pouco digno dos seus filhos, sabe encontrar motivos para, apesar disso, dizer bem deles a Cristo. É a misericórdia de Maria: é muito Mãe de todos nós, que somos pecadores.

Nossa Senhora sabia que passar a ser mãe dos homens ia ser diferente de ser Mãe de Jesus. É que Este não era pecador, era perfeitamente virtuoso; mas os seus novos filhos sim são pecadores, pois até o homem justo “peca sete vezes por dia”, diz o livro dos Provérbios

Imitar Cristo e Maria é viver as relações com os outros sempre na linha da misericórdia. Sem ferir a justiça, a misericórdia dá-lhe um suplemento que leva a perdoar, compreender, evitar ferir. 

Jesus Cristo é quem nos convida e marca o objectivo: “Aprendei de Mim que sou manso e humilde de coração”.

Façamos exame de consciência. E, com muita vontade de levar a cabo o que o Papa Francisco nos pede a partir do próximo dia 8 de Dezembro, ajudados pela graça divina e pela protecção da Mãe de Misericórdia, pensemos no que é preciso cortar, purificar e rever na nossa vida. Uma boa jaculatória (oração breve) para este exame será: “Meu Deus, afasta de mim tudo o que me afasta de Ti”! E outra, dada a nossa imperfeição: “Obrigado, Senhor. Perdoa-me. Ajuda-me mais”!

Tweets do Papa Francisco

Muitas vezes o Natal é uma festa barulhenta: far-nos-á bem estar um pouco em silêncio, para ouvirmos a voz do Amor


Leiamos um pouco do Evangelho cada dia. Assim aprenderemos a viver o essencial: o amor e a misericórdia.


Jesus nunca está longe de nós, pecadores. Ele quer derramar sobre nós, sem medida, toda a sua misericórdia


Diante do Presépio, rezemos de modo especial por aqueles que sofrem perseguição por causa da fé

Recolecções e Confissões

Recolecções (na igreja)

Homens: 3ª Feira, Dia 1 – 19.15h;
Senhoras: 5ª Feira, Dia 10 – 19.15h.

Encontro de Reflexão sobre o Natal

Dia 16 (4ª): início às 13.15h e termina às 14.30
Haverá confissões durante o encontro.

Temas:
Jesus foi em tudo Homem... e em tudo Deus.
A libertação pelo caminho grato da Reconciliação

Confissões do Natal

Horários extraordinários além dos habituais (cf. última página)

Dia 19 (Sáb.) 17.00h-20.00h
Dia 20 (Dom.) 17.00h-20.00h
Dia 24 (5ª) 11.00h-12.00h; 16.00h-20.00h

Catequese de crianças

Seguindo o ritmo da nossa catequese paroquial o ano lectivo oficial, recorda-se que as aulas serão interrompidas durante os dias das Férias Escolares do Natal.

Reunião de Pais com dos alunos do 3º Ano: dia 3 (5ª), às 19.15h.

Cursos para adultos

Catecúmenos - Encontro com os catecúmenos: dia 10, 5ª Feira, 19.15h

Preparação para o Crisma (Orientação: P. Rui Rosas da Silva) 3ª Feira, 19.15h. Dias 01 e 15.

Teologia para Todos (Orientação: P. João Paulo de Campos) 5ª Feira, 19.15h ou 21.30h. Dia 17, Tema: A Ordem dos Amores.

Do Tesouro da Igreja

A Alegria do Natal


Hoje, caríssimos irmãos, nasceu o nosso Salvador. Alegremo-nos. Não pode haver tristeza no dia em que nasce a vida; uma vida que destrói o temor da morte e nos infunde a alegria da eternidade prometida.

Ninguém é excluído desta felicidade, porque é comum a todos os homens a causa desta alegria: Nosso Senhor, vencedor do pecado e da morte, não tendo encontrado ninguém isento de culpa, veio para nos libertar a todos. Alegre-se o santo, porque se aproxima a vitória; alegre-se o pecador, porque lhe é oferecido o perdão; anime-se o gentio, porque é chamado à vida.
Por isso, quando nasce o Senhor, os Anjos cantam jubilosos: Glória a Deus nas alturas; e anunciam: Paz na terra aos homens por Ele amados. (…) Perante esta obra inefável da misericórdia divina, como não há-de alegrar-se o mundo humilde dos homens, se ela provoca tão grande júbilo nos coros sublimes dos Anjos?

Caríssimos irmãos, demos graças a Deus Pai, por meio do seu Filho, no Espírito Santo, porque na sua infinita misericórdia nos amou e teve piedade de nós: estando nós mortos pelo pecado, fez-nos viver com Cristo, para que fôssemos n’Ele uma nova criatura, uma nova obra das suas mãos.
……………………….
S. Leão Magno, papa (cf. Sermo I, in Nativitate Domini, 1-3: PL 54, 190-193) Séc . V

Ausências de sacerdotes

P. Nuno Romão: de 3 (5ª) a 9 (4ª);

P. Carlos Santamaria: de 26 (Sáb.) a 31 (5ª) F

9 de novembro de 2015

Dar a quem necessita

Far-se-á neste mês, como habitualmente, a distribuição de géneros alimentícios, que ajudam cerca de quarenta famílias.

Por razões imperativas económicas, numa decisão muito custosa de tomar, foi preciso suprimir dos nossos ficheiros todos os beneficiados que não são paroquianos (também da oferta gratutita de remédios comparticipados).~

Neste mês, haverá distribuição de comida e roupas nas sextas-feiras dia 6 e dia 20.

Lembramos que em Dezembro iremos pedir também a vossa colaboração generosa para o Folar do Natal.

Coro de Santo Inácio – Domingo, Dia 29, Missa das 19.00h

Receberá a paróquia, na data acima assinalada, o Coro de Santo Inácio, dirigido pelo Rev. P. João Caniço, SJ, actual pároco de S. João Baptista do Lumiar.

Agradecemos muito a gentileza da sua vinda e convidamos todos os paroquianos e pessoas amigas, que apreciem a boa música sacra, a estar presentes.

Peregrinação paroquial à Terra Santa (de 13 a 20 de Fevereiro de 2016)

Continuam abertas as inscrições para esta iniciativa. Na Secretaria poderão dar-se as informações necessárias.


Do pároco

Quem são "as almas" por quem tanto se reza em Novembro?

Entramos no chamado “Mês das Almas”. Que almas?

No dia 1, dia de Todos os Santos, recordamos e rezamos a todas as pessoas que já entra
ram no reino dos Céus e gozam da felicidade eterna da Santíssima Trindade, com Nossa Senhora e os Anjos.

No dia 2, dia dos Fiéis Defuntos, lembramos e pedimos pelas pessoas, já santas, mas que ainda precisam de uma derradeira purificação das marcas nelas deixadas pelos seus pecados, antes de entrarem no reino dos Céus. Com as nossas orações ajudamo-las a alcançar a graça de ultrapassar esse passo custoso mas alegre e cheio de paz que as prepara para o Céu já garantido.

Essa purificação dá-se no encontro com Jesus no acto decisivo do Juízo logo após a morte. O Papa Bento XVI escreveu: "Ante o seu olhar, funde-se toda a falsidade. É o encontro com Ele que, queimando-nos, nos transforma e liberta para nos tornar  verdadeiramente nós mesmos. As coisas edificadas durante a vida podem então revelar-se palha seca, pura fanfarronice e desmoronar-se. O seu olhar, o toque do seu coração cura-nos através de uma transformação certamente dolorosa «como pelo fogo». Contudo, é uma dor feliz, em que o poder santo do seu amor nos penetra como chama, consentindo-nos no final sermos totalmente nós mesmos e, por isso mesmo, totalmente de Deus. (...) É claro que a «duração » deste queimar que transforma não a podemos calcular com as medidas de cronometragem deste mundo” (cf. Encíclica Spe Salvi 47).

Por serem almas tão queridas por Deus, são também boas intercessoras: podem pedir a Deus por nós. Certamente terão especial empenho em interceder por quem se lembrou delas nas suas orações e sacrifícios.

O mês passado foi marcado pelo Sínodo dos Bispos. Rezámos com especial fervor por esta assembleia da Igreja. Assim seguiremos.
Confiemos que diante de Deus Uno e Trino se unem a pedir por esta intenção, Maria Santíssima, os Anjos, as pessoas que já estão no Céu e as que, na feliz dor purificadora do olhar ardente do Senhor, estão quase na medida máxima da felicidade eterna.

Tweets do Papa Francisco

Sínodo de Bispos (Outubro de 2015)
Queridos jovens, pedi ao Senhor um coração livre para não ser escravos de todas as armadilhas do mundo.

* * *

Pais, sabeis "perder tempo" com os vossos filhos? É uma das coisas mais importantes que podeis fazer cada dia.

* * *

Como é belo o olhar de Jesus posto sobre nós! Quanta ternura! Não percamos jamais a confiança na paciente misericórdia de Deus!

Recolecções mensais (na igreja)

Homens: 3ª Feira, dia 10, 19.10h; 

Senhoras: 5ª Feira, dia 12, 19.10h.

Catequese de crianças

Horários:

Raparigas
5ªs Feiras, 17.45h;
Domingos, 11.00h.

Rapazes
3ª Feiras, 17.45h ;
Sábados, 11.00h.

Cursos para adultos

Catecúmenos (Orientação: P. Rui Rosas da Silva) 

Encontro mensal com os catecúmenos, dia 27 (6ª) às 19.15h.
Preparação para o Crisma (Orientação: P. Rui Rosas da Silva) 

Aulas às 3ªs Feiras, 19.15h, com outros grupos a funcionar a outras horas. 
Temas: dia 10 – Criação do Homem e sua elevaçao à ordem sobrenatural; dia 24 – O pecado original e suas consequências
Teologia para Todos (Orientação: P. João Campos) 

Aulas às 5ªs Feiras, 19.15h ou 21.30h. Próximo tema: dia 19 –  Moral e Liberdade.

Do Tesouro da Igreja

Oração à Cruz, atribuída a Santo André


“Salve, oh Cruz gloriosa, santificada pelo corpo de Cristo e adornada com seus membros mais ricamente que se tivesses sido decorada com pedras preciosas! 
Antes que o Senhor te consagrasse foste símbolo de opróbrio, mas já és e serás sempre testemunho do amor divino e objecto de desejo. 
Por isso eu agora caminho para ti com firmeza e alegria. 
Recebe-me tu também gozosamente e converte-me em discípulo verdadeiro daquele que pendeu de ti. 
Oh Cruz santa, bela e nobre desde que os membros do Senhor repousaram cravados sobre ti! 
Oh Cruz bendita, tanto tempo desejada, solicitamente amada, constantemente buscada e por fim já preparada.
A ti me chego com o desejo ardente de que me acolhas em teus braços, me tires deste mundo e me leves até ao meu Mestre e Senhor. 
Ele que me redimiu por ti, por ti e para sempre me receba”.

……………………………………
(*) In Legenda Dourada, de Tiago de Voragine.

Ausências de sacerdotes

P. Rui: de dia 2 (2ª) a dia 5 (5ª) – actividade pastoral; de dia 23 (2ª) a dia 29 (Dom., manhã) – retiro espiritual

Agrupamento de Escuteiros nº 683

7 – As quatro secções do Agrupamento irão participar no Dia de Núcleo que terá lugar na Graça.

14 – Durante a tarde estaremos no Magusto de Telheiras, organizado pela Parceria Local de Telheiras. Uma festa aberta a toda a população onde poderemos conviver e desfrutar de castanhas assadas.

28 – Colaboração do Agrupamento na campanha de alimentos para o Banco Alimentar contra a fome.


8 de outubro de 2015

Peregrinação à Terra Santa

Está a ser preparada uma Peregrinação Paroquial à Terra Santa, em Fevereiro, entre os dias 13 (Sáb) e 20 (Sáb). As informações sobre esta iniciativa poderão obter-se na Secretaria da Paróquia, a partir do dia 14/10 (4ª). Haverá uma primeira reunião de preparação para as pessoas interessadas no dia 22/10 (5ª) às 21.30h.

O sonho missionário de chegar a todos

Com vista ao Sínodo diocesano de 2016 haverá um encontro pastoral de aprofundando sobre o pensamento do Papa Francisco. Depois de uma apresentação haverá possibilidade de uma enriquecedora troca de opiniões sobre o modo de o concretizar. Terá lugar no salão da igreja, no dia 14 (4ª) às 21.30h.

Baptismos e casamentos no mês de outubro

Baptismos

Dia 03 (Sáb) 12.00h – Ana Costa Ferreira;
Dia 04 (Dom) 15.00h – Lourenço Maria Real Dias Quaresma
Dia 17 (Sáb) 11.00h – Inês F. Oliveira Silva Gomes

Casamento

Dia 31 (Sáb) 16.30h  – Nuno Quelhas da Silva e Andrea Costa

Curso de Formação para migrantes

A Associação Portuguesa de Cultura e Desenvolvimento, com sede na Av. Ventura Terra, 23, 1600-780 Lisboa, Tel.: 218 298 270, E-mail: apodcfplisboa@gmail.com, organiza o curso acima assinalado, que contém: Língua e Cultura Portuguesa e Formação Profissional Básica (aquisição de competências que permitam o ingresso no mundo do trabalho, como: cuidados básicos de saúde, assistência domiciliária, higienização, recepção e atendimento, economato, tratamento de roupa, restauração e produção alimentar, etc.). A APCD disponibiliza os espaços necessários à realização da formação bem como todo o material didáctico de apoio às aulas. A Paróquia recomenda e apoia esta iniciativa.

Distribuição de géneros alimentícios e outros dons a pessoas carenciadas

Embora continuemos a distribuir mensalmente a várias dezenas de famílias da nossa paróquia géneros alimentícios, roupas e receitas médicas, além da ajuda no pagamento de contas de água, luz e gás, fomos obrigados a excluir estas últimas doações a “não paroquianos”, porque, com as obras há pouco feitas no exterior da igreja, estamos com um passivo que necessitamos de colmatar.

Pedíamos a todos os nossos paroquianos, que manifestaram sempre espírito de colaboração  com as nossas necessidades, que tenham isto em conta, lembrando-se que a paróquia tem de realizar uma obra de caridade com aqueles que precisam da nossa ajuda e com ela esperam sobreviver.

Chamamos a atenção para os problemas a que seremos chamados a enfrentar com os migrantes, que constituirão outra fonte de gastos de energias económicas a que não podemos ficar indiferentes.

Do pároco

Duas intenções para o nosso terço: Sínodo e refugiados


Refugiados na Europa (2015)
Este mês de Outubro, apresenta um cariz mariano muito forte, pois é designado habitualmente como o “Mês do Rosário”. 

Esta oração em honra de Nossa Senhora faz-nos participar, sempre na sua companhia maternal, nos pontos fundamentais da vida de Jesus, seu Filho, na terra, e também seus, Mãe do salvador.

A forma de o rezar é simples e acessível a todos os filhos de Maria. Ela, que é Mãe de todos nós, torna fácil o nosso diálogo no Rosário com Deus, através da sua intercessão, que abrange desde o seu filho mais culto e inteligente ao mais simples, porventura analfabeto e escondido numa aldeia desconhecida

E não nos faltam intenções. Com o Papa Francisco, vamos pedir pelas famílias e também pelo Sínodo dos Bispos sobre esta matéria, que em Roma se inicia neste mês. 

Mas também temos de nos debruçar sobre o drama tão flagrante dos migrantes, que entraram na Europa, na Velha Europa, e necessitam que esta não se manifeste uma Europa velha e cansada, mas como aquele continente onde os valores que Cristo propagou entre os homens continuam vivos e pertinentes, a fim de que os que fugiram da guerra e da exploração, da miséria e da falta do pão de cada dia, encontrem na caridade e na solidariedade humana dos europeus, uma verdadeira prova de fraternidade, de compreensão e conforto. 

E nós, católicos, devemos ser os primeiros, entre todos, a dar o exemplo, lembrando que Cristo nos mandou amar uns aos outros como Ele nos amou. E o seu Amor incondicional por nós custou-Lhe a vida.

Junto de Maria Santíssima, no terço que rezamos, uma boa parte das intenções deve ser para que os governos europeus e cada um de nós dê o que puder de si mesmo para acudir a estes irmãos que tanto carecem do nosso amor.

Tweets do Papa Francisco

Papa Francisco com Fidel Castro em Cuba
Hoje a Igreja é Igreja de mártires: tantas testemunhas heróicas! Aprendamos com a sua coragem.

* * *

Uma leitura diária do Evangelho nos ajuda a vencer o nosso egoísmo e a seguir decididamente o Mestre Jesus.

* * *

Peçamos à Virgem Maria que ajude todas as famílias, especialmente as que sofrem por falta de trabalho.

* * *

Deus ama os humildes. Quando vivemos com humildade, Ele transforma os nossos pequenos esforços e faz coisas grandes.

Recolecções mensais (na igreja)

Homens: 3ª Feira, dia 13, 19.10h; 

Senhoras: 5ª Feira, dia 8, 19.10h.

Catequese de crianças

Inscrições: entregar a ficha preenchida pessoalmente ou digitalizada para o email da paróquia.

As aulas: começam na semana de 2ª F, 5 de Outubro.

Horários: Rapazes: 3ªs F (17.45h) ou Sábados (11.00h). Raparigas: 5ªs F. (17.45h) ou Domingos (11.00h).

Primeiras Reuniões de Pais:

Pais de Crianças do 1º ao 4º Ano de Catequese: 4ª Feira, 30 de Setembro – 21.30h.
Pais de Crianças do 5º ao 9º Ano de Catequese: 5ª Feira, 1 de Outubro – 21.30h.

Festas da Catequese:

1º Ano: Festa do Pai Nosso – Domingo, 17/04/2016, Missa das 10.00h;
2º Ano: Festa da Alegria (1ª Confissão) – Sábado, 5/03/2016: 11.00h;
3º Ano: Primeira Comunhão (com Crisma) – Domingo, 10/01/2016, Missa das 10.00h;
4º Ano: Festa da Entrega do Credo – Domingo, 13/03/2016,  Missa das 10.00h;
5º Ano: Ano da Aliança – Domingo, 21/02/2016, Missa das 10.00h;
6º Ano: Profissão de Fé – Domingo, 15/05/2016, Missa das 10.00h;
7ª Ano: Ano da Liberdade Cristã – Domingo, 28/02/2016, Missa das 10.00h;
8ª Ano: Ano da Vida: – Domingo, 28/02/2016, Missa das 10.00h
9º Ano: Festa do Envio (Crisma) – Sábado, 28/05/2016, Missa às 10.00h.

Catequese de adultos

1. Catecúmenos: as aulas começam a 6 de Outubro (3ª), 19.15h; Celebração dos Sacramentos da Iniciação Cristã: na Vigília Pascal, 26 de Março de 2016 (Sáb.), às 21.30h.

2. Preparação para o Crisma: as Aulas começam a 20 de Outubro, (3ª), 19.15h. Receberão o Sacramento da Confirmação na Missa das 10h do dia 28 de Maio (Sáb.).

3. Teologia para Todos: as Aulas começam no dia 22 de Outubro (5ª), 19.15h ou 21.30h.

Do Tesouro da Igreja

Meditar com Maria os Mistérios da Salvação

«Que primeiro pensamento teria o homem acerca de Deus, a não ser talvez um ídolo fabricado pelo seu coração? Deus era incompreensível e inacessível, invisível e, para além de todo o nosso pensamento. Agora, porém, quis ser compreendido, quis ser visto, quis ser pensado.
De que modo? Sem dúvida recostado no presépio, deitado no regaço da Virgem, pregando na montanha, passando a noite em oração, ou então, suspenso na cruz, lívido na morte, livre entre os mortos e dominando sobre o poder do inferno; ou também ressurgindo ao terceiro dia e mostrando aos Apóstolos os lugares dos cravos, sinais da vitória, e finalmente subindo, na presença deles ao mais alto do Céu.

Quem não meditará na verdade, na piedade e na santidade destes factos? Quando medito em qualquer deles, o meu pensamento encontra a Deus, e em tudo é o meu Deus. É verdadeira sabedoria meditar estes mistérios, é verdadeira prudência evocar a doce memória destes frutos excelentes que Maria recebeu do Céu e tão copiosamente derramou sobre nós».

S. Bernardo de Claraval, Sermões (Sermo de aquaeductu; Opera Omnia, Ed. Cister. 5 (1968), 282-283.

Ausências de sacerdotes

P. Nuno Romão: de dia 9 (Sáb) a dia 14 (4ª)

P. João Campos: de dia 16 (6ª) a dia 18 (Dom); de dia 23 (6ª) a 25 (Dom)

P. Carlos Santamaria: de dia 1 (5ª) a dia 4 (Dom.); de dia 25 (Dom) a 31 (Sáb)

Agrupamento de Escuteiros nº 683

3 e 4 - À semelhança dos anos anteriores, vamos realizar a venda de calendários escutistas em Telheiras. É uma importante fonte de receitas, que permite realizar algumas das nossas actividades e a compra de equipamento necessário à prática escutista.

16 e 17 - Os exploradores irão realizar uma actividade por Lisboa, que consiste em visitar agrupamentos que têm estações de rádio amador, procurando estabelecer contacto com escuteiros de diferentes partes do mundo.

31 - Os lobitos irão realizar uma actividade por Telheiras, para conhecerem melhor o nosso Bairro.


13 de setembro de 2015

No mês passado

SOLENIDADE DA ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA

Com mais de cinquenta por cento dos paroquianos em férias, festejou-se o dia da Assunção de da Santíssima Virgem Maria aos Céus, trazendo, como já se fez noutros anos, um Coro para actuar na Missa das 11.00h: “Figo Maduro”. Certamente que a sua contribuição foi valiosa para se honrar a nossa Mãe e Rainha. Dir-se-ia que a Santíssima Trindade quis que Maria, além da sua autoridade maternal, fosse também Rainha, a fim de que participasse no poder de governo que o seu Filho, Jesus Cristo, exerce sobre todas as criaturas

Cursos para adultos

1. Catecúmenos: as Aulas começam a 6 de Outubro (3ª), 19.15h; Celebração dos Sacramentos da Iniciação Cristã: na Vigília Pascal, 26 de Março de 2016 (Sáb.), às 21.30h.

2. Preparação para o Crisma: as Aulas começam a 13 de Outubro, (3ª), 19.15h. Receberão o Sacramento da Confirmação na Missa das 10h do dia 28 de Maio (Sáb.).

3. Teologia para Todos: as Aulas começam no dia 22 de Outubro (5ª), 19.15h ou 21.30h.

Obs. Na primeira aula serão entregues os horários e as indicações sobre os conteúdos das sessões.

Baptismos

Dia 5 (Sáb.) 
11.00h – Leonor Lopes Paredes;
12.00h Lia Beatriz Gonçalves da Silva; 
15.00h: Teresa Vieira Meneres da Silva

Dia 12 (Sáb.) 12.00h – Miguel Barahona da Fonseca de Almeida Frazão

Dia 19 (Sáb.) 11.30h – Pedro Bessa Monteiro; 12.30h – Sofia Carvalho Aguiar

Matrimónios

Dia 19, Sábado, 16.30h – Nuno Manuel Almeida da Cunha Mota e Ana Raquel Campelo Ferreira

Distribuição de géneros alimentícios e outros dons a pessoas carenciadas

Continuamos a distribuir mensalmente, com a mesma regularidade, a cerca de 40 famílias de paroquianos carecidos, géneros alimentícios. Também lhes prestamos assistência com remédios, roupas e outros tipos de ofertas. A colaboração generosa de paroquianos e de pessoas amigas tem permitido manter estas acções socio-caritativas. 

Do pároco

Regressar ao emprego pode ser regressar a Deus

São José Operário e Jesus
A maioria das pessoas regressa em Setembro aos seus trabalhos habituais.
Porém, nem sempre damos à nossa profissão a relevância que deve ter na nossa vida.
Diz o Livro do Génesis: “Javé, Deus, tomou o homem e colocou-o no jardim do Éden, para que o cultivasse e guardasse” (Gén. 2, 15). O trabalho não é, pois, uma maldição, mas antes um pedido de Deus que espera que o homem torne as coisas criadas ainda mais propícias para a sua vida habitual.
O trabalho é uma realidade santificável, isto é, boa para estar em contacto com Deus, boa para nos levar para Deus. 
Lembremos S. Paulo: “Deus criou-nos antes da constituição do mundo para sermos santos”. A todos nos criou assim. Não é preciso, portanto, uma vocação especial para nos santificarmos. Encontramos Deus nos nossos deveres quotidianos. E, entre eles, está o nosso trabalho.
É, por isso, errado pensarmos que o nosso emprego não faz parte do plano divino, e, maior erro ainda, achar que só vai prejudicar o nosso desejo de ser santos.
Deus chama a maior parte dos seus filhos a uma vida diária de trabalho no meio do mundo, para ganhar o pão e a santidade. A ser profissionais competentes e sérios e, também, semeadores de paz e de alegria, mesmo que o mundo esteja minado por muitos egoísmos, desconfianças, concorrência desleal.
Tudo isso faz parte da realidade. Mas o cristão es
tá chamado a melhorar a realidade, e não a render-se a ela. Não, não é verdade que seja impossível uma atitude diferente. Um discípulo de Cristo e um filho de Maria recebe do Senhor a força suficiente para espalhar, à sua volta, um clima de amor, de justiça e de compreensão como o que existia no lar de Nazaré. Pode, por vezes, ser difícil e incómodo.
Mas é isso o que Deus lhe pede.
E Deus pensou em ti e em mim quando deu o seu Filho unigénito para salvar o mundo, e não para o condenar.

Tweets do Papa Francisco

Aprendemos muitas virtudes numa família cristã, sobretudo amar sem pedir nada em troca.

* * *

Senhor, ajudai-nos a ser mais generosos e sempre mais solidários com as famílias pobres.

* * *

O testemunho cristão é concreto. Sem o exemplo, as palavras são vazias.

* * *

É hora de mudar mentalidade e deixar de pensar que não depende das nossas acções se alguém padece fome.

Recolecções na igreja

Homens: 3ª Feira, dia 8, 19.10h

Senhoras: 5ª Feira, dia 10, 19.10h

Horário de Missas na igreja paroquial

Domingos e Dias Santos – 10h, 12h e 19h;      

2ª a 6ª – 12.15h e 18.30h;      Sábados – 18.30h

Catequese de crianças

Inscrições: entregar a ficha preenchida pessoalmente ou digitalizada para o email da paróquia.

As aulas: começam em Outubro, no dia 6 (3ª) e seguintes.
Horários: Rapazes: 3ªs F (17.45h) ou Sábados (11.00h). Raparigas: 5ªs F. (17.45h) ou Domingos (11.00h).

Primeiras Reuniões de Pais:
Pais de Crianças do 1º ao 4º Ano de Catequese: 4ª Fei
ra, 30 de Setembro – 21.30h.
Pais de Crianças do 5º ao 9º Ano de Catequese: 5ª Feira, 1 de Outubro – 21.30h.

Festas da Catequese
Assinalam-se em baixo as festas e outros eventos deste ano lectivo.


1º Ano – Festa do Pai Nosso (O Criador é nosso Pai, somos irmãos; agradecer-Lhe o que nos ofereceu: vida, família, a sua paternidade, universo...), na Missa das 10h do dia 17 de Abril (Dom.).

2º Ano – Festa da Alegria (Primeira Confissão) (Saborear a presença de um Deus sempre disposto a perdoar...), no dia 5 de Março (Sáb.), às 11h.

3º Ano – Festa da Primeira Comunhão com o Crisma (Receber em alimento Jesus, fonte de vida eterna e aprender a conviver com Ele na oração), na Missa das 10h do dia 10 de Janeiro (Dom.) (data a confirmar).

4ºAno – Ano da Entrega do Credo (Os alunos receberão o Credo como símbolo-resumo da verdade revelada que se devem esforçar por conhecer e viver), na Missa das 10h do dia 13 de Março (Dom.)

5ºAno – Ano da Aliança (Aprofundando a História da Salvação no Novo Testamento, poderão revê-la num relacionamento filial com a Mãe de Deus e nossa Mãe nos mistérios do Terço, que receberão junto com o escapulário do Carmo), na Missa das 10h do dia 21 de Fevereiro (Dom.).

6º Ano – Festa da Profissão de Fé (Momento formal e amadurecido do professar da Fé, que orienta a sua vida) na Missa das 10h do dia 15 de Maio (Dom.).

7ºAno – Ano da Liberdade Cristã (A palavra celebrada nos sacramentos da Igreja permite exercitar a liberdade que Cristo nos alcançou na sua entrega de amor) na Missa das 10h do dia 28 de Fevereiro (Dom.).

8º Ano – Ano da Vida (Aprender a viver como filhos de Deus, meditando na Palavra revelada; os alunos receberão o Novo Testamento) na Missa das 10h do dia 28 de Fevereiro (Dom.).

9º Ano – Festa do Envio (Aprender a seguir o apelo do Espírito Santo que desde o Pentecostes conduz a Igreja a chegar a todo lado; os alunos receberão o sacramento da Confirmação ou Crisma) na Missa das 10h do dia 28 de Maio (Sáb.).

Do Tesouro da Igreja

Nossa Senhora das Dores

“A Virgem Santíssima, que no Calvário, estando corajosamente junto da Cruz do Filho (cf. Jo 19, 21), participou na primeira pessoa da sua Paixão, sabe convencer sempre a novas almas para unirem os seus próprios sentimentos ao sacrifício de Cristo, num “ofertório” que, ultrapassando o tempo e o espaço, abraça toda a humanidade e a salva. (S. João Paulo II, Homilia em 11/11/1980).

Ausências de sacerdotes

P. João Campos: de dia 9 (5ª) a dia 12 (Sáb.)

P. Carlos Santamaria: de dia 1 (3ª) a dia 6 (Dom.)

P. Nuno Romão: de dia 14 (2ª) a dia 20 (Dom.)

Agrupamento de Escuteiros nº 683

3 a 6 - Alguns caminheiros e pioneiros irão participar no XI edição do Down River, actividade de descida do rio Zêzere em jangada construída pelos participantes.

12 - Indaba de Agrupamento para planificação do ano escutista.

18 - Reunião de Pais.

19 - Participação no evento Telheiras em Movimento, inserido na semana europeia da Mobilidade, que irá trazer muita animação e actividades para todas as idades.

25, 26 e 27 - Acampamento de Agrupamento em Santo Amaro de Oeiras.

5 de agosto de 2015

Agrupamento de Escuteiros nº 683

O recomeço das actividades habituais terá lugar no mês de Setembro, dia 19 (Sáb.).

Obs: Durante o mês de Agosto a sede encontra-se encerrada, embora o Agrupamento vá participar no Acampamento de Núcleo em Viseu (Lobitos, Exploradores e Pioneiros) e no Rover Ibérico (Caminheiros).

Baptismos e Casamento

Baptismos

Dia 9, Sábado, 11.00 – Baptismo, Crisma e 1ª Comunhão: Carlitos da Silva
Dia 15, Sábado, 15.00h – Clara Varela Góis e Pedro Varela Romão
Dia 22, Sábado, 12.00h – Afonso Antunes

Matrimónio

Dia 22, Sábado, 12.00h – Carla e Aníbal Antunes

No mês passado

IMPOSIÇÃO DO ESCAPULÁRIO DO CARMO


De acordo com o que é a prática habitual da paróquia, no dia 16 de Julho foi imposto, no final da Missa das 18.30h, a 28 pessoas o Escapulário de Nossa Senhora do Carmo. Assim puderam receber uma carícia maternal de Nossa Senhora, Mãe de Jesus e nossa Mãe, uma prova evidente do seu amor maternal, comprometendo-se Maria Santíssima a assistir com o seu zelo a vida e, sobretudo, a passagem desta vida para eternidade a quem use devotamente o seu escapulário.

Não se trata assim de uma atitude de protecção que não exige correspondência pela parte de quem recebe o escapulário, mas de um convite a que se tome a sério a nossa condição de cristãos, procurando em todas as circunstâncias da nossa vida ter em conta e levar à prática os ensinamentos de Cristo.

Confissões

Sempre que a Igreja se encontre aberta e alguém o solicitar. No caso de não se encontrar nenhum sacerdote no confessionário, dirija-se à Secretaria e solicite a sua presença.

Do Pároco

Mas a nossa oração é mesmo atendida?

Coroação da Virgem Maria (Murillo)
Muitos dos nossos paroquianos encontram-se longe de Lisboa no gozo de férias.

Mas isso é perfeitamente compatível com a ligação a duas realidades bem necessitadas para as quais o Papa Francisco pede atenção: o mundo da família na sociedade actual e o próximo Sínodo de Bispos de Outubro, que contamos dê pistas de solução a numerosos problemas que as famílias enfrentam.

Todos devemos rezar com empenho e acompanhar os nossos rogos pelo sacrifício, a fim de que a família, sociedade natural que Deus quis para os homens, seja amparada e robustecida em todo o mundo. 

Mas pode brotar a desconfiança: como é que a nossa oração pode conseguir alguma coisa? Não será apenas uma espécie de fuga para nos dar paz e serenidade? Mais: afinal quem somos nós para que Deus dê alguma importância ao que Lhe pedimos? Aliás, santos não somos; e tantas vezes andamos agarrados às nossas misérias. Como é que Ele  vai ligar às nossas petições?

E assim pode instalar-se uma certa distância de Deus. É verdade que continuamos a não querer que nos castigue, mas também não buscamos a intimidade com Ele. Temos medo de complicar a vida ou de rectificar modos de actuar a que estamos presos. É este um sub-mundo perigoso, interior, moral e espiritual, onde o calculismo tende a mandar criando um clima estranho no coração, a que podemos dar o nome de tibieza.

Felizmente, essa nossa débil e inconstante capacidade de amar está muito longe da forma como Deus ama. A sua infinita misericórdia, que O leva a perdoar-nos sempre, é um Amor incondicional, fortíssimo, máximo, por nós. Por isso, quando Lhe pedimos alguma coisa, Ele imediatamente no-la concede, se vir que é bom para nós. A sua capacidade de solucionar um problema ou conceder um benefício não conhece limites, pois o seu poder é omnipotente. Não curou ele doentes graves? Não ressuscitou mortos e até a Si mesmo, como Senhor que é da vida e da morte?

Tudo isto nos deve levar a ter uma enorme, total confiança em Deus e a pedir-Lhe pelas imensas necessidades que vemos à nossa volta nos outros, ou pessoais. E também que nos inspire absoluta confiança de que o que nos pede é sempre o melhor para nós, ainda que não compreendamos porquê, ou seja difícil ou custoso.

Maria Santíssima, a quando do anúncio que lhe fez o Arcanjo S. Gabriel sobre a vontade de Deus a seu respeito – ser a Mãe do Messias prometido –, não hesitou minimamente em fazer o que o Senhor lhe pedia. Mas com a sua rendida fidelidade, pediu com humildade ao Arcanjo que a elucidasse sobre o modo de concretizar a vontade de Deus, a fim de que a sua obediência fosse total e absoluta.

Que ela nos ajude a fazer o que podemos pela nossa família e pelas que conhecemos, e a ser bons rezadores por elas e pelo próprio Sínodo de Outubro.

Tweets do Papa Francisco

Jovem cumprimenta o Papa Francisco ao chegar ao Equador (4-7-15)
Um grande desafio: deixar de arruinar o jardim que Deus nos confiou para todos poderem gozar dele.

* * *

A família é o maior tesouro de um país. Trabalhemos todos por defender e revigorar esta pedra angular da sociedade.

* * *

Hoje a Igreja é Igreja de mártires: tantas testemunhas heróicas! Aprendamos com a sua coragem.

* * *

Queridos jovens, Cristo vos chama a permanecer atentos e vigilantes para reconhecerdes aquilo que verdadeiramente conta na vida.

Recolecções em Agosto

Não se realizam neste mês. Retomam-se em Setembro.

Horário de Missas em Agosto

Semana
2ª a Sábado: 18.30h

Domingos e Dias Santos
Agosto: 11.00h e 19.00h

Obs – Meia hora antes das Missas da tarde, reza-se o Terço, havendo à 5ª Feira Exposição do Santíssimo Sacramento.

Catequese

CATEQUESE DE CRIANÇAS

As inscrições para o próximo ano estarão abertas até ao final de Setembro.

Quem quiser pode pedir o envio da ficha de inscrição pela internet, preencher e devolvê-la digitalizada.
As aulas começam no dia 5 de Outubro (2ª).

Os dias e horas das aulas mantém-se:
Rapazes: 3ªs F (17.45h) ou Sábados (11.00h).
Raparigas: 5ªs F. (17.45h) ou Domingos (11.00h).


Festas da Catequese

Assinalam-se em baixo as festas e outros eventos cujas datas serão fixadas em Setembro.


1º Ano – Festa do Pai Nosso (O Criador é nosso Pai, somos irmãos; agradecer-Lhe o que nos ofereceu: vida, família, a sua paternidade, universo...)
2º Ano – Festa da Alegria (Primeira Confissão) (Saborear a presença de um Deus sempre disposto a perdoar...)
3º Ano – Festa da Primeira Comunhão (Receber em alimento Jesus, fonte de vida eterna e aprender a conviver com Ele na oração).
4ºAno – Ano da Entrega do Credo (Os alunos receberão o Credo como símbolo-resumo da verdade revelada que se devem esforçar por conhecer e viver,)
5ºAno – Ano da Aliança (Aprofundando a História da Salvação, poderão revê-la, na parte do Novo Testamento, nos mistérios do Terço e num relacionamento filial com a Mãe de Deus e nossa Mãe; os alunos receberão um Terço e ser-lhes-á imposto o Escapulário do Carmo)
6º Ano – Festa da Profissão de Fé (Momento formal e amadurecido do professar da Fé, que orienta a sua vida 
7ºAno – Ano da Liberdade Cristã (A palavra celebrada nos sacramentos da Igreja permite exercitar a liberdade que Cristo nos alcançou na sua entrega de amor; os alunos receberão um crucifixo)
8º Ano – Ano da Vida (Aprender a viver como filhos de Deus, meditando na Palavra revelada; os alunos receberão o Novo Testamento)
9º Ano – Festa do Envio (Aprender a seguir o apelo do Espírito Santo que desde o Pentecostes conduz a Igreja a chegar a todo lado; os alunos receberão o sacramento da Confirmação ou Crisma) 


CURSOS PARA ADULTOS


1. Catecúmenos: as Aulas começam a 6 de Outubro (3ª), 19.15h; Celebração dos Sacramentos da Iniciação Cristã: na Vigília Pascal, 26 de Março de 2016 (Sáb.), às 21.30h.

2. Preparação para o Crisma: as Aulas começam a 13 de Outubro, (3ª), 19.15h. Indicar-se-á a data da administração deste Sacramento no próximo dia 1 de Setembro.

3. Teologia para Todos: as Aulas começam no dia 22 de Outubro (5ª), 19.15h ou 21.30h.

Obs. Na primeira aula serão entregues os horários e as indicações sobre os conteúdos das sessões. 

O plano de toda a Catequese de adultos e crianças na paróquia encontra-se disponível aqui

Do Tesouro da Igreja

Assunção de Nossa Senhora aos Céus


Pronunciamos, declaramos e definimos ser dogma divinamente revelado que a Imaculada Mãe de Deus, a sempre Virgem Maria, terminado o curso da vida terrena, foi assunta em corpo e alma à glória celestial (1).

Na economia da graça, perdura sem cessar o momento do assentimento que prestou fielmente na Anunciação e que manteve sem vacilar ao pé da Cruz, até à consumação perpétua de todos os eleitos. Já que, assunta ao Céu, não deixou esta missão salvadora, mas que com a sua múltipla intercessão, continua a obter para nós os dons da salvação eterna. (2)

Subiu ao Céu a nossa Advogada, para que, como Mãe, do Juiz e Mãe de Misericórdia, tratasse dos negócios da nossa salvação (3).

“Um precioso presente enviou ao Céu a nossa terra hoje (...) Subindo ao alto, a Virgem bem-aventurada outorgará copiosos bens aos homens. E como não dará? Nem lhe falta poder nem vontade. Rainha dos Céus é misericordiosa e é, por fim, Mãe do Unigénito de Deus “ (4).

“A Virgem Imaculada, preservada imune de toda a mancha da culpa original, terminado o curso da vida terrena, foi assunta em corpo e alma à glória celestial e foi louvada pelo Senhor como Rainha universal com o fim de que se assemelhasse de forma mais plena a seu Filho, Senhor dos Senhores (Apoc 19, 16), vencedor do pecado e da morte...” (5)
...................................
(1) Pio XII, Constituição Apostólica, Munificentissimus Deis, 1/11/1950)
(2) Conc. Vat. II, Lumen Gentium, 62
(3) S. Bernardo, Homilia na Assunção da Beata Virgem Maria, 1
(4) Ibidem
(5) Conc. Vat. II, Lumen Gentium, 59

Ausências de sacerdotes

P. João Campos: até dia 15 (Sáb.)

P. Carlos Santamaria: até dia 22 (Sáb)

P. Nuno Romão: até dia 16 (Dom.)

5 de julho de 2015

Baptismos e casamento

Sábado, dia 04: 11.00h – João Miguel Morais
Sábado, dia 18: 15.00h – Tomás Silva 
Sábado, dia 25: 11.00h – Leonor e Bárbara Nunes

Casamento: dia 29, 4ª Feira, 15.00h – Sérgio Alves e Ana Santos

Agrupamento de escuteiros nº 683

Dia 12 (Dom.), terá lugar o Conselho de Agrupamento. Além de outros assuntos referentes à vida do Agrupamento, estabelecem-se as datas de recomeço das actividades regulares de 2015/2016, que se iniciam em Setembro.

Obs: Durante o mês de Agosto a sede encontra-se encerrada, embora o Agrupamento vá participar no Acampamento de Núcleo em Viseu (Lobitos, Exploradores e Pioneiros) e no Rover Ibérico (Caminheiros).

No mês passado

Procissão de velas

Percorreu ruas antigas e modernas de Telheiras como que a recordar à nossa Mãe do Céu que colocamos sob a sua protecção todas as famílias, e pessoas que por aqui trabalham.
A pequena multidão que acompanhou a imagem rezando e cantando era composta da diversidade de habitantes da paróquia sentindo-se como seus representantes.
A meditação fez-se ao som das palavras recentes do Papa Francisco animando todos ao esforço por cuidar da própria família e das que conhece, sem descuidar os doentes e mais carenciados.
E pediu-se que, como verdadeira Porta do Céu, interceda pela solução das necessidades comuns. Assim ao passar pelo terreno, que nos habituamos a ver como nosso, e depois, ao comprovar que enchíamos a igreja não podíamos esquecer a igreja nova de que Telheiras precisa.

Do Pároco

Maria: uma Porta do Céu aberta para ti

Procissão das velas
Todo o tempo é bom para louvar Nossa Senhora. Ela é nossa Mãe e, tal é o grau da sua santidade, que Deus não hesitou também em tê-la como Mãe.

Mãe de Deus e dos homens, ela aproxima Deus dos homens e os homens de Deus. A sua maternidade encurta a distância enorme que existe entre o Criador e as suas criaturas, porque entre eles passa a haver um elo de ligação familiar, terno, feminino e de aproximação constante, graças à intercessão sistemática e maternal que Maria Santíssima, junto de Deus, realiza em prol dos seus filhos que vivem esta vida terrena. 

Ela lembra-nos, com S. Paulo, que aqui não temos morada permanente, porque o fim para que Deus nos fez vir ao mundo, a este mundo onde vivemos, que é sempre um lugar de passagem, aponta para a eternidade e para uma companhia constante e próxima, cheia de espírito familiar, de Deus connosco e nós com Deus.

Neste sentido, Maria, como boa mãe, não nos deixa de alertar para os perigos de perdermos o sentido da nossa vida, como boa educadora que é. Qualquer mãe orienta os seus filhos para o que ela sabe ser melhor para eles. Por vezes, inclusivamente, terá de lhes chamar a atenção para comportamentos menos correctos, onde o comodismo, a precipitação, a preguiça, a desordem ou quaisquer atitudes que nos desviem do bom caminho – e o único bom é o que conduz ao Céu - dominam o tempo, a cabeça e os objectivos da sua vida de todos os dias. 

Maria, sob o ponto de vista humano, educou o seu Filho Jesus: desde dar o alimento inicial do seu próprio peito, ensinar a falar, explicar como rezar, como conviver com os outros, como ser uma pessoa honesta e honrada, como entender as fraquezas alheias e procurar desculpá-las, etc. E nesta tarefa familiar e educativa, foi auxiliada, certamente, pelo o exemplo e a serenidade de José, seu esposo.

Nada do que uma mãe necessita de fazer – e de fazer bem – para educar um filho é estranho a Maria. Ela é o modelo exemplar da boa mãe.

Neste ano em que a Igreja tanto se tem ocupado da família, saibamos pedir a Maria Santíssima, com todas as forças da nossa alma e da nossa fé, que seja como a grande protectora e pedagoga de todas as famílias, nomeadamente das famílias cristãs, para que estas sejam foco de unidade e de fidelidade, o berço natural das virtudes que cada um, na infância, e depois, na sua vida profissional, social e vocacional deve realizar.

Uma mãe nunca se esquece dos seus filhos e, quanto mais santa é, mais os tem presentes no seu coração. Assim acontece com o Coração Imaculado de Maria, foco do mais puro e elevado amor maternal. A ele podemos recorrer nesta época estival, recordando a todos que as nossas férias só terão genuíno sabor cristão, se não pusermos de parte Deus, transformando os nossos dias de descanso num tempo de horas e dias pagãos. Mais, estes dias ganham sentido se os aproveitarmos para nos aproximarmos de Deus e deles sairmos melhores cristãos e mais amigos de todos, isto é, melhores filhos de Deus e da sua Mãe, Maria Santíssima. 

P. Rui Rosas da Silva

Tweets do Papa Francisco

Há silêncios de Deus que só se podem compreender olhando Jesus Crucificado.

* * *

A cultura do descartável produz muitos frutos amargos, desde o desperdício de alimentos até ao isolamento de tantos idosos.

* * *

Para um cristão, a vida não é resultado de puro acaso, mas fruto de uma chamada e de um amor pessoal.

* * *

Deus ama quem dá com alegria.
Aprendamos a dar com generosidade, desapegados dos bens materiais

Recoleções (na igreja)

Senhoras: dia 9 (5ª) – 19.10h

Homens: dia 13 (3ª) – 19.10h;

Horário de Missas

Julho
Agosto
Setembro
Abertura da igreja
A igreja estará geralmente fechada da parte da manhã de 2ª F. a Sábado, durante os meses de Julho e Agosto, só abrindo às 16h.
de 2ª Feira a 6ª Feira
18.30h
18.30h
12.15h e 18.30h
Sábados
18.30h
18.30h
18.30h
Domingos
10h, 12h e 19h
11h e 19h
10h, 12h e 19h

Catequese e cursos doutrinais

Catequese de crianças

No dia 1 de Julho, (4ª) abrem-se as inscrições para o próximo ano, 2015-2016.
Quem quiser pode pedir o envio da ficha de inscrição pela internet, preencher e devolvê-la digitalizada.
As aulas começam no dia 5 de Outubro (2ª).
Os dias e horas das aulas mantém-se:
Rapazes: 3ªs F (17.45h) ou Sábados (11.00h).
Raparigas: 5ªs F. (17.45h) ou Domingos (11.00h).

Festas da Catequese
Assinalam-se em baixo as festas e outros eventos cujas datas serão fixadas em Setembro.

1º Ano – Festa do Pai Nosso (O Criador é nosso Pai, somos irmãos; agradecer-Lhe o que nos ofereceu: vida, família, a sua paternidade, universo...)
2º Ano – Festa da Alegria (Primeira Confissão) (Saborear a presença de um Deus sempre disposto a perdoar...)
3º Ano – Festa da Primeira Comunhão (Receber em alimento Jesus, fonte de vida eterna e aprender a conviver com Ele na oração).
4ºAno – Ano da Entrega do Credo (Os alunos receberão o Credo como símbolo-resumo da verdade revelada que se devem esforçar por conhecer e viver,)
5ºAno – Ano da Aliança (Aprofundando a História da Salvação, poderão revê-la, na parte do Novo Testamento, nos mistérios do Terço e num relacionamento filial com a Mãe de Deus e nossa Mãe; os alunos receberão um Terço e ser-lhes-á imposto o Escapulário do Carmo)
6º Ano – Festa da Profissão de Fé (Momento formal e amadurecido do professar da Fé, que orienta a sua vida 
7ºAno – Ano da Liberdade Cristã (A palavra celebrada nos sacramentos da Igreja permite exercitar a liberdade que Cristo nos alcançou na sua entrega de amor; os alunos receberão um crucifixo)
8º Ano – Ano da Vida (Aprender a viver como filhos de Deus, meditando na Palavra revelada; os alunos receberão o Novo Testamento)
9º Ano – Festa do Envio (Aprender a seguir o apelo do Espírito Santo que desde o Pentecostes conduz a Igreja a chegar a todo lado; os alunos receberão o sacramento da Confirmação ou Crisma)

Cursos para adultos

1. Catecúmenos: as Aulas começam a 6 de Outubro (3ª), 19.15h; Celebração dos Sacramentos da Iniciação Cristã: na Vigília Pascal, 26 de Março de 2016 (Sáb.), às 21.30h.
2. Preparação para o Crisma: as Aulas começam a 13 de Outubro, (3ª), 19.15h.
3. Teologia para Todos: as Aulas começam no dia 22 de Outubro (5ª), 19.15h ou 21.30h.

Obs. Na primeira aula serão entregues os horários e as indicações sobre os conteúdos das sessões.